Escritor português emigrado na Suíça é condecorado Comendador pela ABD do Brasil

Augusto Lopes, escritor português emigrado na Suíça, condecorado Comendador pela ABD do Brasil

No dia 18 de março de 2017, no hotel Mundial em Lisboa, o escritor viseense, emigrante na Suíça, foi condecorado Comendador, pela ABD (Associação Brasileira de Desenho e Artes Visuais), entidade com mais de 70 anos de existência, pela sua atividade literária e jornalística, num evento que contou com cerca de 70 escritores vindos de vários países.

Augusto Lopes emigrante viseense a morar em Genebra, é fundador e Presidente da ALALS, “Académie de Lettres et Arts Luso-Suisse” (Academia de Artes Luso-Suíça), com sede em Genebra.

A ALALS é uma academia de escritores lusófonos, reconhecida internacionalmente pela promoção e valorização da literatura, projeto este que tem sido acompanhado de perto pelo Exmo. Sr. Presidente da República, prof. Marcelo Rebelo de Sousa.

Esta academia, com sede em Genebra, tem por norma condecorar vários escritores e personalidades que se têm notabilizado na Literatura e nas Artes, nos países de Língua Portuguesa, e pelo mundo.

O Jornal Sem Fronteiras, do Rio de Janeiro, de Dyandreia Portugal, tem uma parceria com esta academia, tendo este ano organizado um encontro de escritores e artistas plásticos em Portugal, com um programa cultural bem preenchido durante quinze dias, percorrendo várias cidades do país.

Coube a ALALS organizar o programa do dia 18 de março, pelo que realizou uma cerimônia de tomada de posse e condecoração de vários escritores e artistas plásticos vindos dos EUA, Argentina, Brasil, Angola, Itália, Suíça, Eslovênia e Portugal.

Tomaram posse com membros acadêmicos da ALALS cerca de 40 escritores, entre os quais Maria Eugênia Neto, escritora e viúva do primeiro Presidente da República de Angola, Antônio Neto, e ainda o Dr Armênio de Vasconcelos (pai do Secretário de Estado da Indústria, Dr João Vasconcelos).

A animação musical esteve a cargo de vários cantores internacionais, como foi o caso da cantora Gina Teixeira, o violinista Matheus Mattos, o cantor Manuel Jorge e a Tuna Reginal de Orgens, Viseu.

Da Suíça foi uma delegação de escritores da ALALS que esteve também presente no Jantar de Gala do Jornal Sem Fronteiras, no Palace Hotel Pestana, com passagem pela RTP- Rádio Televisão Portuguesa.

(Fotos. Carolina Fernandes e Lou Carriço)

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

0
%d blogueiros gostam disto: