Cantor português Roberto Leal morre aos 67 anos

Morreu na madrugada deste domingo, 15.09.2019, no Hospital Samaritano, em São Paulo, o cantor português, naturalizado brasileiro, Roberto Leal.

Há três anos lutava contra melanoma, um tipo maligno de câncer de pele, que evoluiu, atingindo o fígado e causando síndrome de insuficiência hepato-renal. Ele também morreu de complicações decorrentes de uma reação alérgica aos medicamentos da quimioterapia. Ele estava desde quarta-feira hospitalizado, pois os sintomas tinham piorado, anunciou a assessoria de imprensa do intérprete.

A informação do falecimento do Roberto Leal foi primeiramente veiculada pelo jornal lusitano “O Público” e foi confirmada pelo político patrício José Cesário, amigo do artista, que publicou a notícia em sua página do Facebook: “Hoje acordamos com um enorme choque. O nosso amigo, grande Português no Brasil e no Mundo, António Joaquim Fernandes, o grande Roberto Leal, acabou de falecer. A tristeza é enorme! Portugal e o Brasil estão de luto.”

Biografia

Anos 50

Nascido António Joaquim Fernandes em 27 de novembro de 1951, no vilarejo Vale da Porca, em Macedo de Cavaleiros, em Portugal.

Anos 60

O cantor mudou-se com os pais e nove irmãos para o Brasil em 1962 quando ele tinha 11 anos. Ele vieram para o Brasil em um navio feito para tranportar cargas, que participou nas guerras e por fim foi transformado em navios para imigrantes e que estava em péssimas condições.

Anos 70

Antes de começar a cantar fados e músicas romanticas, trabalhou como vendedor de doces em feiras e sapateiro.

Começou a fazer sucesso no início dos anos 1970, com “Arrebita”. Após uma aparição no programa Discoteca do Chacrinha, a carreira decolou. Ao longo da carreira, sempre valorizou a música portuguesa, cantando fados e músicas em que misturava ritmos brasileiros e lusitanos. Após estrondoso sucesso na década de 1970, Roberto Leal se apresentava como embaixador da cultura portuguesa no Brasil.

Em 1978, protagonizou o filme “O milagre – O poder da fé”, inspirado em sua própria história.

De 1973 a 2006, lançou um disco por ano.

Anos 80

No fim da década de 1980, passou a morar em Portugal para se dedicar ao mercado musical europeu. Nesse período, Roberto Leal chegou a ter um programa de televisão pela RTP1.

Em 1998, voltou a viver no Brasil com a família, mas ia com frequência a Portugal.

Anos 90

Roberto Leal foi convidado de dezenas de programas das mais diversas emissoras brasileiras e portuguesas.

Mais de 20 anos depois do lançamento de “Arrebita” e quase meio século de carreira, a popularidade do Roberto Leal ganhou vida nova em 1995 quando o grupo Mamonas Assassinas lançaram “Vira-vira”, que satiriza as músicas dele, vendendo mais de 15 milhões de discos.

Roberto Leal disse que se sentiu homenageado pela sátira dos Mamonas: “Os Mamonas não fizeram por mal, eles são meus amigos, eles estão me levando aonde eu não conseguiria chegar sozinho” afirmou, na biografia publicada em seu site oficial.

Anos 2000

Em 2000, o intérprete lançou pela gravadora EMI o CD “Roberto Leal canta Roberto Carlos”, um dos discos mais vendidos da companhia.

Roberto Leal morava em Alphaville, na região de Barueri, Grande São Paulo.

Em 2011, em sua terra natal, ele participou da sitcom “Último a sair”, série de comédia da RTP1 que simulava um reality show. O programa foi acompanhado no Brasil pelas redes sociais.

No total da sua carreira ele foi premiado com dois álbuns de diamante, cinco de platina e 30 de ouro. Ele gravou mais de 400 canções.

Velório

O velório foi hoje, segunda-feira 16.09.2019, em São Paulo, na Casa de Portugal, a partir das 7:00h. O enterro foi marcado para a tarde, às 15:00h, no Cemitério de Congonhas. O cantor deixou mulher, três filhos, entre eles, o músico e produtor Rodrigo Leal, e duas netas.

Mais informações sobre Roberto Leal: www.robertoleal.com.br

 

 

Roberto Leal na Buzina do chacrinha – Tv Tupi 1978

Momento da apresentação do cantor Roberto Leal na Buzina do Chacrinha, em 1978, na Tv Tupi. que serviu de cena para o filme Milagreiro, o Poder da Fé.

Roberto Leal – Bate O Pé

Silvio Santos Roberto Leal ‘ Bate o pé ‘

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: