Petterson Silva representou o Brasil em prêmio de arte na Itália

O artista plástico mato-grossense Petterson Silva, representou o Brasil em um dos principais prêmios de arte da Itália. Trata-se do Prêmio Giulio Cesare, que aconteceu em 7 de julho 2018 no Velli Palace em Roma.

Concedido anualmente, o prêmio reúne artistas do mundo todo, que se destacam em diversos segmentos das artes. Ele  foi idealizado pelos gêmeos italianos Francesco Russo e Salvatore Russo, visionários marchands e curadores, também criadores do Prêmio internacional Leonardo a Vinci.

Um dos grandes expoentes de sua geração, Petterson Silva levou o prêmio com a obra intitulado “Aliança” feita com técnica óleo sobre tela. A obra faz uma referência a riqueza da fauna brasileira e é um alerta sobre a necessidade  da preservação da região pantaneira. A obra que mostra  as araras azuis, teve repercussão mundial dentre vários trabalhos feito mundo a fora, pelo incrível realismo que foi apresentado.

ENTREVISTA

Louisa: Petterson, como você atingi o realismo nas suas pinturas?

Petterson: Busco captar a naturalidade , lembro do  som das estridentes araras, o cheiro e afeto de uma ave para com outra. Ter o privilégio de contemplar essas aves e a região onde habitam, ajuda muito para a conclusão de uma obra com resultado satisfatório.

Louisa: Como você se sente ao conquistar o prêmio Giulio Cesare?

Petterson: Representar o Brasil na Itália  em um dos principais prêmios de arte, na Itália é um privilégio! Me sinto honrado, e  vejo que a arte brasileira está sendo valorizada e respeitada na Europa.

Para mais informações sobre o trabalho do Petterson Silva:

Facebook: www.facebook.com/artepetterson

@artepetterson

Instagram: www.instagram.com/pettersonarte

@pettersonarte

Tags: Petterson Silva, Prêmio Giulio Cesare, prêmios de arte da Itália, Velli Palace Roma, arte brasileira,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: