A Paraíba em luto com o falecimento do jornalista e escritor Wills Leal - Brasileiros Sem Fronteiras

A Paraíba em luto com o falecimento do jornalista e escritor Wills Leal

Por Luzimar Monteiro – João Pessoa, 21.05.2020

Há duas semanas eu recebi a triste notícia através do documentarista paraibano Hélio Costa (pelo Messenger do Facebook) que o Wills Leal tinha falecido. A princípio pensei que era novamente uma fakenews, pois no dia 18 de abril alguém já tinha espalhado um boato que ele tinha falecido e naquele momento tive um grande choque.

VIDA REAL E VIRTUAL

Eu demorei a postar a minha nota de pesar, pois para mim tem sido extremamente doloroso a perca de um amigo que participava na minha vida real. Digo “vida real” porque depois da popularização das redes sociais na Internet a maioria das pessoas se satisfazem em apenas ver bem rapidinho os amigos e conhecidos em fotos ou vídeos no Instagram, Facebook, YouTube, Twitter etc, e talvez no máximo escrever um comentário monossilábico em baixo de uma dessas imagens ou em clicar um “curti”.

Para a maioria das pessoas ele era um gênio das artes cênicas e literatura. Muitos dos seus livros foram adotados pela UFPB no curso de turismo. Para mim Wills era muito mais do que isso. Ele era um amigo que apesar da diferença de idade, eu me identificava muito com ele.

Wills e eu passeávamos, íamos a eventos, fomos a cinema juntos, viajamos, batíamos papo olhando um para o outro e este ano passamos o réveillon juntos. Ele era realmente alguém da velha escola. Ele lia todos os jornais da Paraíba diariamente.

COMO EU CONHECI O WILLS LEAL

Nos anos 80 conheci as pessoas da mídia e da vida social do estado da Paraíba graças as minhas atividades como miss João Pessoa em 1988, várias participações no Miss Paraíba, Miss Bancários Campina Grande, representei a Paraíba no “Rainha das Praias do Nordeste” (Hotel Othon, Salvador) e no “Rainha dos Jogos Universitários” (no Club Astréia, João Pessoa), Ellus the look of the year (Recife), e inúmeros desfiles de moda e comerciais para a TV da Paraíba. Eu também ministrava curso de manequim na Proart, e a diretora Mércia Figueiredo me apresentou o Sir Wills Leal.

Eu admito que logo quando o conheci eu o achava muito desagradável, pois tinha uma aparência de ser um playboy e como falava muito alto e exacerbado e eu o achava mal-educado e excêntrico.

Ao passar de três décadas eu fui desvendando esse revestimento e tive a alegria de descobrir coisas além do que os olhos podem ver. Com a minha própria maturidade percebi as suas qualidades que o tornavam um ser tão especial e uma dessas qualidades que mais me impressionavam era que ele sempre tinha histórias interessantes para contar.

ALZHEIMER

Nos últimos meses de vida eu acho que ele estava com um tipo de Alzheimer leve, pois ele tinha momentos de lucidez e as vezes se perdia. Eu fiquei chocada, pois em 2018 ele ainda estava em boa forma. Em um dos momentos em que a memória apagou ele perguntou a uma de suas cuidadoras diversas vezes quem eu era e respondi, diversas vezes e em tom gentil, que fui umas das misses que ele colocou no livro dele. Ele nos falou: “Em qual dos meus livros? Escrevi 25 livros!”

MOMENTOS MEMORÁVEIS
● LANÇAMENTO DO LIVRO CONTO POR CONTO

Foi graças a ele que pude lançar um livro o qual sou colaboradora – BRASIL CONTO POR CONTO na Livraria do Luiz em abril de 2018. A idealizadora desta coletânea de contos com lançamentos em diversos países foi Angela Mota, carioca residente em Genebra, Suíça.

●PASSEIO NO INTERIOR

Ele me mostrou antigos engenhos de cana, eventos folclóricos no interior da Paraíba e em Recife. Eu fui a sua motorista, pois ele já não estava habilitado a dirigir há quase 10 anos.

●PARIS NO ANIVERSÁRIO DO GERARDO RABELLO

Em Paris em 2011 nos encontramos na “Eglise de la Madeleine” (Igreja da Madalena) durante a missa para o aniversário do colunista social Gerardo Rabello.

● WILLS ME FEZ RAIVA

O Wills foi convidado especial no Aruana Fest, um festival de filmes da Paraíba, no qual ele foi homenageado pelos seus longos e curtas metragens.

Um dos dias eu passei na residência dele e fomos juntos com a sua cuidadora. Depois de Wills fazer escândalo por que não queria andar de escadas rolantes para ir ao Cinépolis – o cinema do Manaíra Shopping – ele quis voltar para casa depois de cinco minutos, pois nesta noite não ia haver debates. Eu me prometi que nunca mais iria pegar ele para sair. Mas na outra semana eu já estava lá na residência dele para sairmos juntos.

A saudade e o pesar é grande, mas hoje estou tentando focar em ficar feliz por ter tido o privilégio de ter conhecido e participado na sua vida. Que Wills descanse em paz!

Algumas das imagens que tenho arquivada do saudoso Wills:

VÍDEOS

● Visitando o 14º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro com a Edlene e o Wills Leal (03.12.2019)
https://youtu.be/O4rsyJZb8rA

● Wills Leal fala sobre a Festa das Neves em João Pessoa
https://www.youtube.com/watch?v=8Xo969E9MuY

● Wills Leal fala sobre desfiles de Miss Paraíba
https://youtu.be/3NgAnBGC-EY

● Wills dá um alô para a sua amiga Mel
https://youtu.be/9jX_uG9bZsc

● Bate papo sobre carnaval entre Wills Leal e Ednamay Cirilo Leite
https://youtu.be/6NBhqzKO4Es

FOTOS

● Louisa com Wills Leal no Mangabeira Shopping
https://photos.app.goo.gl/kxYHpiZMo779WnJd6

Fonte: Luzimar “Louisa” Monteiro

Coletânea das homenagens ao falecido escritor Wills Leal:

Coletânea das homenagens ao falecido escritor Wills Leal

 

 

About Brasileiros Sem Fronteiras

Check Also

Coletânea das homenagens ao falecido escritor Wills Leal

Homenagens feitas através do Facebook:           acabo de ter um susto …

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: